Amélia está lendo..

Contos Filósoficos do mundo inteiro, livro de Jean-Claude Carriére
Traz algumas histórias tão boas que não consigo deixar de reproduzir pelo menos uma:

Uma história judaica de grande sabedoria conta que um homem pobre encontrou uma bolsa contendo quinhentos rublos, o que era, então, uma soma considerável. Ao saber que o homem mais rico da vila havia perdido sua bolsa, e que tinha oferecido cinquenta rublos a quem a devolvesse, ele devolveu a bolsa.

O homem rico verificou o conteúdo da bolsa e assumiu um ar severo para dizer ao homem pobre:

-Vejo que você já pegou sua recompensa, porque minha bolsa continha quinhentos e cinquenta rublos, e não encontro aqui senão quinhentos. Então, não lhe devo nada.

Muito encolerizado, o homem pobre arrastou o rico até diante do rabino, a quem foi contar o incidente.

-Estou certo –disse o rabino ao homem rico—de que você diz a verdade. Um homem como você seria incapaz de mentir.

O homem rico começou a se alegrar, e o homem pobre, a se indignar, quando o rabino se virou para o pobre, estendendo-lhe a bolsa, dizendo:

-Você, por sua vez, não é desonesto. Porque, se fosse desonesto, teria guardado toda a bolsa para si mesmo.

Depois, virando-se para o homem rico, ele concluiu:
Assim, não foi a sua bolsa que ele encontrou. Que ele a guarde, esperando que o verdadeiro proprietário a reclame.

Vale a pena ler !

Anúncios

abril 23, 2009. Tags: , , . Leitura, Livro. 1 comentário.